27 de dezembro de 2019

Apaixonados pela dança e pela cultura alemã

A dança é uma arte que expressa sentimentos, cultura e que leva alegria para as pessoas. Dançar é contar uma história através de movimentos, é valorizar uma tradição e é cultivar valores. Há 31 anos o grupo de danças folclóricas alemãs Immer Lustig und Durstig leva para diferentes cidades a cultura, tradição e valores da comunidade alemã.

O grupo de dança de Não-Me-Toque foi fundado em 1988 por um grupo de amigos que participaram de um baile em município vizinho e assistiram alguns grupos de danças se apresentarem e decidiram criar um grupo semelhante na cidade. Foi daí que surgiu a inspiração para a criação do Immer Lustig und Durstig.  Desde então, o grupo se apresenta por várias cidades, dentro e fora do Estado, tendo a oportunidade de se apresentar na Câmara dos Deputados Estaduais, Palácio Piratini e Casa Mario Quintana.

Atualmente o grupo de dança tem cerca de 40 dançarinos na categoria infantil, infanto-juvenil e adulta. Além de ensaios semanais, o Immer Lustig und Durstig realiza tradicionalmente o Baile do Alemão, que acontece todo último sábado do mês de abril, com comida típica alemã, apresentação dos grupos convidados e anfitrião e, claro, um animado baile com muita dança.

O integrante do grupo, Adair Everson Auler, afirma que eles se tornaram uma grande família. “O grupo é uma segunda família. Com ele a gente ri, chora, se emocionada, se diverte e aprende. Fazemos amizades que duram a vida toda. Claro que participar de um grupo exige saber conviver, aceitar e respeitar os outros, saber que existem normas a serem seguidas no tipo da dança, no traje e até no comportamento. Mas ao mesmo tempo é cultivar e levar a cultura para diversas partes da região.  Cultivar a cultura, principalmente a dança alemã, não é apenas ouvir bandinha, tomar chopp e colocar um traje de festival, vai muito além disso, precisa de pessoas que estudem a origem de cada passo, de cada dança, de cada traje. É levar no coração a cultura.”

Desde a roupa até os passos de dança, tudo é pensando para contar parte da história alemã. O atual traje do Immer Lustig und Durstig é inspirado em uma determinada região da Alemanha, na qual o Tirol, nome do traje, é considerada uma roupa de gala usada antigamente nas festas e cultos.

Entre dificuldades financeiras e o desafio de manter a união e o foco do grupo, os integrantes destacam que a maior alegria desse trabalho são as amizades, o prazer em demonstrar a cultura alemã e saber que o grupo é um ponto de referência para os integrantes como se fosse realmente uma família.

Deixe seu comentário
WhatsApp chat