6 de maio de 2020

Arquitetando a vida e a profissão

Às vezes, para se tornar a mulher que você deseja ser, é preciso assumir vários papéis. Michelle Gomes de Oliveira Bellani Arend sabe bem disso, a arquiteta precisou aprender a conciliar sua vida pessoal e profissional para se sentir realizada.

Graduada em Arquitetura, especialista em Construção Sustentável e sempre buscando mais conhecimentos, atualmente Michele está cursando MBA em Manifestações Patológicas das Construções para trazer ainda mais valor a seus clientes. Inicialmente sua escolha pelo curso de arquitetura não foi óbvia, mas logo se apaixonou pela profissão e hoje não se vê fazendo outra coisa. “Estou em Não-Me-Toque há oito anos e sempre quis abrir meu próprio escritório, mas pensava que ninguém iria procurar meu trabalho porque não me conheciam. Então comecei aos poucos, fui fazendo amizades, comecei atendendo em casa e logo os não-me-toquenses foram me conhecendo e confiando no meu trabalho”, destacou.

Hoje, com 10 anos de experiência, a arquiteta já é reconhecida pelo seu trabalho diferenciado. Michelle diz que o mais importante é saber ouvir o cliente, seus anseios, desejos, reais intenções para o seu novo espaço e sua disponibilidade financeira para a realização da obra. “Todo projeto pode ser adequado ao valor que o cliente está disposto a investir, sem perder o conceito”, salientou.

Uma mulher determinada, daquelas que não arreda o pé e não deixa o cliente na mão até que fique satisfeito com o trabalho, há alguns anos Michelle precisou se superar. Quando decidiu aumentar a família, a arquiteta precisou descobrir como conciliar a maternidade com a sua vida profissional. “Agora com Mélani de 4 anos e Melissa de 2 anos fico mais segura, porque elas já andam, falam e sabem onde dói e o que querem comer, mas no começo da maternidade não foi fácil. Apesar de ter o apoio constante do meu esposo Lucas Arend, a minha família reside no Paraná, então aquele auxílio de “correr” para a casa da mãe eu não tenho, o que dificulta um pouco”, afirmou.

Neste momento de adaptações, surgiu a parceria com a arquiteta Stéfani Rodrigues Escher. “ Quando eu estava maternando e os clientes me procurando, comecei a ficar preocupada, pois eu não estava conseguindo trabalhar e eu não queria deixar os clientes na mão, foi quando uma amiga me indicou a Stéfani Rodrigues Escher, de Victor Graeff, recém-formada em Arquitetura, que poderia me ajudar. Começamos a trabalhar juntas e deu muito certo, hoje somos sócias e abrimos nosso escritório, Bellani & Escher – Arquitetura e Construção”.

A busca de Michelle vai além da realização pessoal e profissional, ela acredita que veio para esse mundo para fazer a diferença, e se despede dizendo que é apaixonada pelo que faz, e espera em cada projeto um novo desafio, uma nova maneira de encantar. “A vida é bela, e no belo deve ser vivida, com a família e amigos”, finalizou.

Deixe seu comentário
WhatsApp chat