27 de fevereiro de 2019

Conheça os planos e projetos do novo presidente da Acint

Natural de Ponte Alta, Santa Catarina, o novo presidente da Associação Comercial, Industrial, Agropecuária e de Serviços mudou-se para Não-Me-Toque quando tinha apenas seis anos. Veio para a cidade morar com uma tia, em busca da oportunidade de estudar e ter uma profissão. Marcos Roberto Petry cresceu, estudou e tornou-se um homem conhecido por sua índole e caráter.

Com a profissão de eletricista, Marcos começou a trabalhar aos 13 anos como auxiliar, aos 18 anos iniciou sua carreira dentro de grandes empresas e hoje está há 11 anos atuando como eletricista na Cotrijal.

Agora, com o apoio de sua esposa, Mari Solange da Silva, e da filha, Sofia, ele encara o desafio de dirigir a Acint. Em uma entrevista exclusiva para a Revista Momento ele contou seus planos e projetos para a associação. Confira:

Revista Momento: O que lhe motivou a ser presidente da Acint?

Marcos: Confiança. É preciso estar confiante para assumir esse cargo. Eu entrei na Acint há dois anos quando fui chamado para auxiliar na parte elétrica da Expo Não-Me-Toque. A partir daquele momento entrei para a diretoria, fiquei mais um ano e nesse ano surgiu o convite. O fato de conhecer muitas coisas e participar de várias atividades da associação foi o que me deu coragem para assumir esse desafio.

Revista Momento:  Como você acredita que será o seu mandato?

Marcos: Estamos definindo alguns projetos para serem feitos já no início do ano. Cada diretor já está incumbido de suas funções, estou bem otimista pois a equipe toda é excelente, todos os diretores têm um trabalho importante na nossa comunidade.  Este ano também iremos realizar a Expo Não-Me-Toque, a qual queremos que seja uma feira diferente e maior. Para isso, precisaremos do apoio dos associados, do Poder Público de Não-Me-Toque e também iremos em busca de todos os recursos disponíveis que possam nos ajudar e viabilizar essa feira tão importante para o comércio local. Tudo que seja para fortalecer o nosso comércio, para estimular e fomentar esse setor nós vamos buscar.

Revista Momento:  O que você pretende fazer para atrair mais associados para Acint?

Marcos: Hoje a nossa Associação possui 141 associados, mas queremos muito mais. Pretendemos fazer um trabalho diferenciado e atrair mais pessoas. Iremos aproveitar a nossa parceria com o Sebrae e Senac e oportunizar cursos e treinamentos diferentes, mais voltados ao atendimento, para oferecer ao associado e à comunidade novas ferramentas com o objetivo de realizar um atendimento ainda melhor. Também vamos manter o Empretec, pois é um treinamento que realmente muda a vida e a visão de quem participa.  Além disso, teremos novidades para o nosso associado a fim de estimular que o cliente compre em Não-Me-Toque. Acredito que seja dever da Associação Comercial fazer esse meio de campo entre o nosso associado e o seu cliente, para que todos possam ver o nosso comércio com outros olhos.

Deixe seu comentário
WhatsApp chat