9 de janeiro de 2020

Cuidar da saúde auditiva é cuidar de você

A perda auditiva vai muito além de ter dificuldade de ouvir, ela pode trazer problemas de autoestima, de relacionamento, aumentar o risco de demência e afetar diretamente a felicidade do paciente que passa por esse problema. Por isso, cuidar da audição é cuidar do seu bem-estar e da sua qualidade de vida.

Segundo a Organização Mundial da Saúde, um em cada sete brasileiros sofre com algum tipo de deficiência auditiva. E cerca de 80% desses brasileiros não sabem que possuem problemas auditivos ou não tomam a iniciativa de procurar auxílio de um profissional especializado.

Quando você não busca o tratamento adequado para esse problema, corre o risco de desenvolver outras doenças, além de afetar diretamente no seu comportamento. O paciente que tem perda auditiva interage menos com as pessoas, com isso busca o isolamento social, se afasta de pessoas próximas e familiares, além de desenvolver crises de ansiedade e a depressão.

Ouvir é uma forma de exercitar os neurônios, por isso, quando você possui alguma perda auditiva, também poderá desenvolver algum tipo de demência. A surdez tem uma ligação direta com a perda cognitiva, o que pode acelerar o avanço do processo de demência. A carência do estímulo auditivo pleno agrava a degeneração natural da idade e afeta a cognição, que funciona como uma rede que combina sistemas de diversas naturezas.

No entanto, a perda auditiva tem tratamento e o paciente pode voltar a sua vida normal. O primeiro passo é reconhecer o problema e a necessidade de procurar um especialista. Depois disso existe um leque muito grande de opções para reestabelecer a audição que vão desde uma imensa variedade de aparelhos auditivos, até a realização de implantes para alguns casos específicos.

Sabe-se que diagnóstico precoce da perda auditiva é fundamental para a melhor adequação do paciente e para o tratamento. Além disso, o uso do aparelho auditivo e o acompanhamento com o especialista oferecem inúmeras vantagens e permitem que o paciente recupere sua qualidade de vida e sua audição.

Cuidar da saúde auditiva é cuidar de você. Quando você trata a surdez, têm ganhos em diferente áreas da sua vida como, por exemplo, aumenta o seu rendimento no trabalho, melhora a comunicação e com isso os seus relacionamentos, previne a perda cognitiva o que irá evitar a progressão precoce da demência e restabelece o controle da sua própria vida. Afinal, não há nada mais prazeroso do que ouvir bem, ouvir os sons do dia a dia e ouvir quem você ama!

*Texto escrito pela fonoaudióloga Carine Dias.

Deixe seu comentário
WhatsApp chat