13 de agosto de 2018

Darciéle de Lima, uma administradora que trabalha pela vida

A forma como uma pessoa enfrenta os desafios é o grande diferencial da sua carreira. Encarar os problemas e solucioná-los de forma eficaz é o que torna o profissional capaz e eficiente e Darciéle de Lima sabe muito bem disso. Em outubro de 2017 ela assumiu a administração do Hospital Beneficência Alto Jacuí e, desde então, todo dia é um novo obstáculo que aos poucos ela vem superando e trabalhando para que o hospital possa oferecer aos pacientes um atendimento qualificado, humanizado e eficiente.

Darciéle é natural de Santiago e mudou-se para Não-Me-Toque quando foi chamada para assumir o cargo de administradora hospitalar. A gestora já tinha trabalhado em outros dois hospitais e já estava familiarizada à rotina desse trabalho. Além da sua experiência, Darciéle também tem uma formação profissional muito bem estruturada. Ela é formada em Administração e tem MBA Gestão Estratégica de Negócios, MBA Gestão Hospitalar e Pós-graduação em Formação de Docentes para a Educação Profissional.

Apesar de todas as adversidades que a gestão hospitalar possui, Darciéle afirma que é um trabalho recompensador. “Trabalhar na saúde é muito gratificante, pois nossas ações podem salvar vidas. Cada aquisição de novas tecnologias pode mudar o rumo de milhares de pessoas, reduzindo viagens de pacientes debilitados, risco de estar na estrada, sem contar que o tratamento próximo da família ajuda muito na recuperação. E nossa missão é essa, proporcionar os meios de melhor atender aos pacientes.”

Darciéle vem trabalhando muito e dedicando-se inteiramente para poder melhorar cada vez mais o hospital. Com o apoio de uma equipe qualificada e de toda a diretoria do Hospital Beneficência Alto Jacuí, ela tem a certeza de que poderá conquistar melhorias importantes que ajudarão centenas de pessoas que buscam os serviços do hospital. Cada pequena conquista faz uma enorme diferença para os pacientes e para o hospital como um todo.

Uma mulher forte, dedicada e decidida, Darciéle acredita que o papel da mulher em cargos de gestão é algo extremamente positivo e necessário. “Vejo isso como uma quebra de paradigmas, pois a mulher moderna tem cada vez mais ocupado importantes cargos de gestão. Temos um estilo dessemelhante de liderança do que os homens, pois somos capazes de realizar um trabalho sistêmico, com sensibilidade e qualidade.”

O grande diferencial no trabalho que Darciéle vem desenvolvendo é o amor que sente pelo que faz. Ela sente-se realizada estando à frente do hospital e afirma que Deus a abençoou com sabedoria para que usasse em prol do próximo.

 

Deixe seu comentário
WhatsApp chat