1 de agosto de 2019

Neurociência: por que santo de casa não faz milagre?

Provavelmente já aconteceu com você, de falar para outra pessoa o que ela está fazendo de errado, o que ela deve mudar e ela não ouvir ou não dar a devida importância. Aí vem alguém de fora e fala exatamente a mesma coisa e, como se fosse algo mágico, a pessoa executa, lhe deixando com uma interrogação gigante.

Cientificamente falando, isso tem a ver com dois hormônios Serotonina, hormônio da alegria de viver, bem-estar, e Cortisol, hormônio do stress. Nós agimos no mundo 90% a nível inconsciente e 10% a nível consciente, ou seja, a mente inconsciente é que comanda 90% dos nossos comportamentos. Além disso, nós temos um mecanismo cerebral chamado SAP – Sistema de Autoproteção que faz com que nós nos aproximamos de tudo o que nos gera prazer e nos afastamos de tudo o que nos gera dor. Por exemplo, se você se aproxima do fogo e começa a esquentar, esquentar, logo você tira a mão ou se afasta, porque gerou um alto índice de cortisol de stress e o seu sistema faz com que você se afaste daquilo. Se você entra em contato com um ambiente pesado, onde tem pessoas desequilibradas emocionalmente, pessimistas, críticas, você tende a se afastar porque o sistema SAP faz com que você se feche e fique bloqueado para aquilo.

Por isso que muitas vezes você fala o que a pessoa deve fazer e ela não compra a sua ideia. E não é porque ela não gosta de você ou não quer, talvez ela lhe considere, lhe admira muito ou lhe ama. Agora o nível inconsciente dela está bloqueado por comportamentos e atitudes anteriores, onde você gerou vários desgastes emocionais nesta relação, através de discussão, brigas, tom de voz, falta de resiliência compreensão, carinho, atenção e diálogo. E aí, por ter gerado esse cortisol várias vezes, o sistema inconsciente da pessoa já está um tanto quanto bloqueado com você, o chamado “pé atrás”.

Esse é o motivo preponderante pelo qual o santo de casa não faz milagre, um histórico de muito cortisol. Aí vem outra pessoa de fora que nunca gerou cortisol, só gerou serotonina nessa pessoa e assim o Sistema de Autoproteção dela não está bloqueado, fazendo com que ela ouça para entender e não somente para responder, tendo uma introspecção, causando um entendimento e dando um sentido muito mais profundo a cada uma das palavras.

E agora, Marcio, como eu faço para poder influenciar as pessoas que são importantes para mim se tenho um histórico de desgaste emocional com elas? Mahatma Gandhi já respondia há muitos anos: “Seja a mudança que você quer no mundo!” É necessário adotarmos um comportamento que tenha congruência com aquilo que falamos. Quando você muda e começa a agir de forma coerente com a vida equilibrada e com a qualidade que almeja, quando elogia, reconhece o que as pessoas fazem, investe em seus relacionamentos, da atenção, desenvolve resiliência, dedica tempo de qualidade, você vai desbloqueando o sistema de autoproteção das pessoas. Mas desde que seja feito com consistência, não adianta hoje estar tudo bem e no dia seguinte “tocar o terror” novamente. É um pico de Serotonina num dia, um pico de Cortisol no outro, a pessoa vai estar sempre bloqueada com você. Lembrando sempre que a exceção não faz a regra, o problema é quando a regra é viver estressado.

*Texto escrito pelo Treinador Comportamental e Coach Márcio Klein

Deixe seu comentário
WhatsApp chat