27 de novembro de 2018

O 1º aninho de Grégory Anthony Windberg

A chegada de Grégory Anthony Windberg foi a realização de um sonho para os pais Estéfani Angel dos Santos Windberg e Romeu Windberg Junior. Uma criança muito desejada, planejada e sinônimo de muita superação, Grégory Anthony chegou para completar e alegrar a vida de seus pais. Agora, quando completa seu primeiro aninho de vida, Grégory se tornou a personificação do amor, carinho e da união dessa família.

Mas essa linda história da chegada do Grégory Anthony também passou por momentos desafiadores, sofridos e de muitas incertezas. Tudo começou quando Estéfani e Romeu resolveram que gostariam de ter um filho, ainda em 2011. Porém, o que parecia tão fácil, não acontecia. A gravidez tão desejada estava ficando cada vez mais distante. O casal, então, decidiu buscar ajuda com o médico Rafael Ruschel Utzig que por meio de exames diagnosticou uma endometriose e obstrução tubária bilateral em Estéfani. Foi possível reverter o problema por meio de um procedimento. Apesar do tratamento, ainda não havia a certeza e a garantia da gravidez, mas o casal não iria desistir de tentar ter seu filho.

Em 2013 Estéfani ficou grávida, a alegria do casal foi enorme, mas infelizmente com seis semanas de gestação ela teve um aborto espontâneo e toda a alegria se transformou em tristeza e frustração. Após superarem esse momento difícil, ela conseguiu engravidar de novo, mas dessa vez teve uma gestação anembrionária, levando-a a ser submetida a um procedimento chamado curetagem e ocasionou a interrupção da segunda gravidez. “Foi um período muito triste para nós. Depois disso, passei a consultar seguidamente para fazer controle de ovulação. Passaram-se três anos desde a minha segunda perda, foram várias consultas, vários testes de gravidez negativos, muita tristeza e frustração, já havíamos perdido a esperança de uma gravidez natural, estávamos pensando e analisando a hipótese de adoção e até mesmo inseminação”, conta Estéfani.

Mas o casal pôde se alegrar novamente, pois estava a caminho o anjinho Grégory Anthony que veio mudar suas vidas e enchê-las de amor. A descoberta da gravidez foi emocionante e inesquecível para o casal. “Minha menstruação atrasou, fui até a farmácia e comprei meu “milésimo” teste de gravidez imaginando que seria mais um delírio meu. E então o tão sonhado positivo, confirmado logo após com exame laboratorial, aconteceu. Eu estava grávida do Grégory Anthony” conta a mãe.

Foram meses de muita ansiedade, alegria, preocupação e cautela durante a gravidez. O casal viveu nesse período uma mistura de sentimentos e ansiedade pela chegada do seu pequeno. Grégory Anthony veio ao mundo no dia 20 de novembro de 2017, pesando 3,536kg, com 47 cm, muito saudável e cheio de vida.

Esses primeiros 12 meses foram de muito aprendizado, adaptação, carinho e felicidade. Ter o Grégory Anthony foi a concretização de um sonho. Um menino alegre e com um sorriso encantador, Grégory é o xodó de toda a família.

Um menino tão especial merecia um nome marcante e único. No momento de escolher o nome do pequeno Grégory os pais decidiram que cada um iria escolher um dos nomes. Estéfani escolheu Grégory que significa “o vigilante” e “homem atento”. Romeu escolheu o nome Anthony que significa “valioso” e “digno de apreço”. A combinação desses dois nomes tem um significado enorme para o casal.

Ser pai e mãe é para Estéfani e Romeu uma experiência única, intensa, prazerosa e muito gratificante. “Grégory é um filho maravilhoso, esperto, ativo, com personalidade forte, porém muito carinhoso e apegado aos seus familiares. E acredite se quiser: dorme a noite inteira. Ele é o nosso maior e mais valioso tesouro, fruto de um amor incondicional e também a continuação da nossa vida e a melhor coisa que nos aconteceu” conta o casal.

No seu primeiro ano de vida, Grégory celebra não apenas a sua vida, mas o amor, a persistência e a união de seus pais que batalharam muito, superaram os desafios e hoje podem comemorar com alegria o aniversário do tão esperado filho.

Deixe seu comentário
WhatsApp chat