22 de janeiro de 2020

Ortopedia: prevenindo e corrigindo lesões

Cada parte do nosso corpo requer cuidados especiais e o atendimento de um profissional específico. A medicina hoje apresenta um leque de especializações e de atuações distintas. Entre elas está a ortopedia, esta especialidade médica cuida das patologias relacionadas com as articulações, músculos, ossos e ligamentos do nosso corpo, ou seja, esse profissional cuida do nosso sistema locomotor.

Basicamente a ortopedia trata da nossa coluna, ombro, cotovelo, punho, mão, quadril, joelho, tornozelo e pé sempre buscando o alívio da dor, a prevenção e tratamento das lesões e orientando as atividades físicas. Além disso, ajuda a prevenir as alterações degenerativas (artroses) das articulações, nas tendinites e tendinopatias, nas lesões musculares e ligamentares.

Em Não-Me-Toque, o médico ortopedista e traumatologista Antonio Piva Neto atua tratando e prevenindo lesões no nosso corpo. Com especializações em cirurgia do joelho, e pós-graduação em medicina esportiva, o médico ressalta que é importante procurar um ortopedista antes de começar alguma atividade física. Buscar a avaliação de um profissional para saber como está a saúde do seu corpo pode evitar lesões durantes a prática de esportes.

Medicina Esportiva

É muito comum ver a atuação do ortopedista dentro da medicina esportiva, visto que essas duas têm uma relação bem íntima, pois muitas das lesões ortopédicas são causadas durante as atividades esportivas e físicas. A ortopedia além de tratar essas lesões, o que possibilita o retorno da atividade, atua também junto com a medicina esportiva na prevenção das lesões.

Sobre a medicina esportiva, o ortopedista e traumatologista Antonio Piva Neto explica que esse é um segmento da medicina voltado ao estudo da atividade física, seja ele praticado por atletas profissionais ou de alto nível, como por qualquer pessoa que pratique ou quer iniciar a prática de algum esporte ou atividade física. “A medicina do esporte não lida somente com o atleta. Diversos estudos têm demonstrado de forma clara e inequívoca a influência benéfica da atividade física regular para a saúde, reduzindo a mortalidade e a incidência de muitas doenças e melhorando a qualidade e a quantidade de vida em portadores de doenças cardiovasculares, pulmonares, endocrinológicas, renais, neurológicas, osteo-mio-articulares, oncológicas, etc.”, ressalta o médico.

É importante fazer uma avaliação médica para aproveitar ao máximo os benefícios do exercício. Cada indivíduo tem suas características e, respeitando a individualidade de cada pessoa, é possível prescrever a atividade física adequada para qualquer pessoa, independente dela possuir alguma doença ou apenas querer praticar alguma atividade para melhorar seu desempenho e saúde.

Um cuidado especial com o joelho

Dentre as principais lesões que sofremos, seja na prática do esporte, atividade física, ou em movimentos inadequados, estão as lesões no joelho. Podemos dizer que o joelho é a engrenagem principal da perna, que nos dá a mobilidade e possibilita fazer os movimentos certos para caminhar. Quando lesionamos este membro desencadeamos uma série de problemas que podem se agravar se não tratados.

O joelho é a uma articulação formada por três ossos, o fêmur, a tíbia e a patela. Além disso, essa é uma das articulações que mais sofre, considerando que a mesma suporta grande parte do peso corpóreo. Sendo assim, não é incomum que soframos algumas lesões no dia a dia e que vão se agravando com o tempo.

Na maioria das vezes essas lesões são causadas pelas entorses e traumas durante atividades esportivas e repetitivas de impacto, como por exemplo, correr, pular, ajoelhar-se, agachar-se, desequilíbrios musculares, hereditariedade, entre outras. O médico Antonio Piva Neto, explica quais são as principais lesões que sofremos no joelho:

*Osteoartrite (artrose ou desgaste): é ocasionada por vários fatores, entre eles a hereditariedade, excesso de peso corporal, atividades repetitivas, principalmente de impactos, desequilíbrios, etc.

*Lesões ligamentares e dos meniscos: geralmente ocorre por entorse do joelho e traumas, tanto em atividades esportivas como nas atividades do dia a dia.

*Lesões de cartilagem (condropatias)

*Tendinites

*Fraturas

É muito importante procurar o profissional certo no caso de alguma lesão, uma vez que, se não tratado corretamente, esse problema pode se tornar uma dor crônica que pode causar limitação para o trabalho e atividades de lazer, agravamento da lesão da cartilagem podendo evoluir para artrose. Além disso, alguns cuidados podem ajudar a prevenir futuras lesões, como por exemplo, usar equipamentos adequados na prática de exercício, ter uma musculatura equilibrada, não praticar ou treinar em excesso, conhecer os limites do  nosso corpo e realizar exercícios preventivos.

Deixe seu comentário
WhatsApp chat