23 de dezembro de 2019

Vinte anos dedicados a cuidar do próximo

Passo Fundo é a maior cidade do norte gaúcho e um polo da indústria, educação e saúde. Foi esse último setor que atraiu o casal de médicos Luís Alberto Schlittler e Raquel Scherer de Fraga para o município, onde eles puderam contribuir com seus conhecimentos, ele na oncologia gastrointestinal, ela na hepatologia.

Além de atender em Passo Fundo, com o passar dos anos os dois notaram que muitos de seus pacientes vinham de cidades como Não-Me-Toque, Casca e Espumoso e, com a saúde frágil, faziam longas viagens para irem às consultas. Por isso, em 2019, o casal resolveu levar seus atendimentos a esses municípios. A decisão facilitou o dia a dia daqueles que precisam de um acompanhamento especializado.

Medicina por amor

Luís e Raquel salientam a importância do lado humano da medicina. Para ele, ser médico tem muitos significados. “É gostar de gente, olhar o outro com respeito e tratá-lo com amor, com dignidade, ter empatia e se colocar no lugar do outro”, revela. Já para Raquel, “contribuir para melhorar a qualidade de vida dos pacientes, por meio da saúde, é muito gratificante”.

O casal acredita que humanizar o atendimento é fundamental. O elo que existe entre o médico e o paciente deve ser constantemente alimentado pela empatia, o respeito e o cuidado. Não é raro ir a uma consulta que dura cinco minutos onde o médico não se dá ao trabalho de conversar com o paciente. A preocupação e o escutar ficaram “fora de moda”, mas isso não pode ser assim. A medicina não pode perder sua ternura, nem o paciente se transformar numa sequência de números da carteirinha de saúde. São esses princípios que regem a conduta de Luís e Raquel, que zelam pela credibilidade e o Código de Ética Médica.

Os médicos buscam se atualizar constantemente. Por isso participam de eventos como congressos, simpósios e seminários em suas áreas de atuação. Em geral, os conteúdos trazidos para esses espaços são os mais atualizados possíveis, com novidades do mercado, descobertas científicas e debates importantes sobre vários assuntos da medicina.

Luís é médico preceptor da Residência em Oncologia do Hospital São Vicente de Paulo e Raquel é supervisora do Programa de Residência em Gastroenterologia da Universidade Federal Fronteira Sul e professora do curso de Medicina da IMED. Os dois têm contato direto com o futuro da medicina: acadêmicos e residentes. Tanto em sala de aula quanto no espaço hospitalar, eles são instigados a buscar o que há de mais novo para orientar os alunos e graduados. “O principal é conseguir ensinar o caminho das pedras para os alunos”, comenta Raquel.

Família

Quando se mudaram para Passo Fundo, em 2004, outro desejo começou a crescer entre os dois: o de formar uma família. Em março de 2008 eles oficializaram a união e os filhos vieram em seguida. Mateus Fraga Schlittler nasceu em 2009 e Gustavo Fraga Schlittler em 2012.

Com o passar dos anos, eles conseguiram reunir todos os familiares mais próximos na cidade. Primeiro, foram os pais de Luís que se mudaram de Santa Cruz do Sul para Passo Fundo. Depois, a mãe e o irmão de Raquel também vieram de Porto Alegre. A proximidade estreitou o relacionamento entre os filhos do casal com os avós e o tio. Isso possibilita momentos muito agradáveis, como as festas de final de ano que eles costumam passar todos juntos.

Dra. Raquel Scherer de Fraga

Dra. Raquel Scherer de Fraga possui graduação em Medicina pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), residência em Medicina Interna no Hospital Nossa Senhora da Conceição e em Gastroenterologia no Hospital de Clínicas, ambos em Porto Alegre. Cursou Mestrado e Doutorado em Gastro-Hepatologia na UFRGS e Pós-Doutorado no Departamento de Gastroenterologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP). Também tem formação em Elastografia Hepática Transitória no Centro Hospitalar São João, na Cidade do Porto, Portugal. É professora da Faculdade de Medicina da IMED, onde exerceu a coordenação do curso desde a sua implantação, em 2015, até 2017. Atua no corpo clínico do Hospital de Clínicas de Passo Fundo e é supervisora do Programa de Residência Médica em Gastroenterologia da Universidade Federal da Fronteira Sul/cenário de prática Hospital de Clínicas. Raquel também é membro titular da Sociedade Brasileira de Hepatologia (SBH) e membro associado da European Association for the Study of the Liver (EASL).

Luís Alberto Schlittler

Luís Alberto Schlittler possui graduação em Medicina pela Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e Residência em Oncologia pelo Hospital Nossa Senhora da Conceição e Hospital de Clínicas de Porto Alegre. É Oncologista membro do corpo clínico e preceptor da Residência em Cancerologia do Instituto do Câncer Hospital São Vicente de Paulo. Também é investigador de vários estudos na área de oncologia. Atua com exclusividade nos casos de tumores gastrointestinais que acometem o estômago, pâncreas, fígado e intestino.

*Texto escrito por assessoria La Idea.

Deixe seu comentário
WhatsApp chat