29 de outubro de 2018

Você conhece a etiqueta da sua roupa?

Sabe aquela etiqueta que vem na parte interna de todas as peças de roupas e tem um monte de coisas escritas? Pois é, é lá que contém todas as informações que você precisa saber sobre a peça de roupa que comprou, a empresa que fabricou e os cuidados que deve ter com aquela roupa. Ok, você vai dizer que não entende nada do que está escrito e desenhado lá. Tudo bem, a gente explica para você.

As especificações descritas nas etiquetas são uma norma geral do Inmetro que torna obrigatório a exposição daquelas informações, para que todo consumidor fique ciente sobre as características do produto que comprou.  Conheça agora o que a lei determina que deve ser especificado na etiqueta:

Nome ou Razão Social e Identificação Fiscal: toda etiqueta deve apresentar obrigatoriamente o nome ou razão social, ou marca do fabricante do produto, ou do importador. Além disso, ela também deve apresentar os registros tributários de pessoa jurídica ou física, como, por exemplo, o CNPJ da empresa fabricante do produto.

Composição: para você saber qual material foi usado na fabricação de uma peça, a etiqueta apresenta a composição dos materiais usados, o nome das fibras ou filamentos, bem como o percentual de cada um. Essa informação deve ser apresentada em ordem decrescente. As informações de composição são de responsabilidade do fabricante das peças a serem etiquetadas.

Identificação de tamanho ou dimensão: você com certeza sabe o tamanho da roupa que usa, correto? Para identificar o tamanho de cada peça, a etiqueta deve apresentar, com caracteres visíveis, a indicação de tamanho que pode ser de diferentes tipos.

País de origem: para que o consumidor conheça melhor o produto, a lei obriga que toda etiqueta apresente o país de origem do produto em questão. Essa informação deve estar na língua do país onde o produto vai ser consumido e não pode ser abreviada nem representada pela bandeira do país.

Tratamento e cuidado para preservação: Esse é um item fundamental para você saber como cuidar e, principalmente, higienizar a peça. As informações sobre tratamentos e cuidados para conservação são obrigatórias e podem ser indicadas por símbolos, textos ou ambos. É obrigatório apresentar informações sobre os seguintes itens: lavagem, alvejamento, secagem, passadoria e cuidado profissional têxtil. Os símbolos sobre as informações de cuidados e conservação devem ter o mesmo tamanho, serem bem legíveis e visíveis e com igual destaque.

Recomendação no uso de símbolos: Todos os símbolos e normas da confecção de uma etiqueta são definidas pela ABNT, mas é responsabilidade do Inmetro fiscalizar e tornar essas normas técnicas obrigatórias.

Com soluções inteligentes para empresas de sucesso, a Incomasa atua há 26 anos no mercado, transformando ideias em projetos de alta qualidade através de artigos personalizados. Uma empresa familiar que consolidou-se na cidade de Não-Me-Toque/RS, a Incomasa atende todo o estado com um trabalho sério e comprometido.

Deixe seu comentário
WhatsApp chat