28 de março de 2019

Você já ouviu falar em Microverdes?

São aquelas folhinhas bem pequeninhas, superatrativas e coloridas que têm aparecido cada vez mais em feiras, mercados e restaurantes. Essas folhinhas se caracterizam por serem um estágio muito específico das plantas, depois da fase de broto, mas antes da fase de baby leaf! Os Microverdes são geralmente colhidos entre 7 e 21 dias após o plantio e se destacam por serem delicados no sabor e gigantes em nutrientes.

O valor nutricional dos vegetais na fase jovem, que é o caso dos Microverdes, é significativamente maior se comparado com os vegetais na fase adulta. Isso ocorre por eles conterem concentrações maiores de bioativos como vitaminas, minerais e antioxidantes. O consumo diário desses elementos é crucial para a promoção e manutenção da nossa saúde.

Estudos realizados com Microverdes de aipo, repolho roxo, manjericão e rúcula, por exemplo, apontaram concentrações de nutrientes até 40 vezes maiores que os mesmos vegetais na sua fase adulta. Já os Microverdes de coentro são três vezes mais ricos em betacarotenos do que o tempero na sua fase adulta.

Há dois tipos de mini hortaliças: as que são naturalmente pequenas, como mini pimentões, mini berinjelas e mini tomates, por exemplo; e as que são colhidas jovens de modo que o fruto ou a folha chegue ao consumidor na sua versão “baby”, antes de alcançar a completa maturidade, é o caso das baby leafs, dos brotos e dos Microverdes.

Ambos os tipos trazem diversas vantagens para quem os consome! Pessoas que moram sozinhas ou tem família pequena se beneficiam das mini hortaliças porque conseguem aproveitar todo o produto em uma única refeição, diminuindo o desperdício de alimento. Outra grande vantagem é para quem tem crianças em casa: os pequenos tendem a se interessar muito por vegetais de tamanho reduzido, o que pode facilitar na hora de tornar a alimentação infantil mais nutritiva e divertida, já que a aceitação de uma mini hortaliça é maior.

 

Matéria escrita pelo colunista Ricardo César Warken

Engenheiro Agrônomo

Deixe seu comentário
WhatsApp chat